Serasa divulga novas empresas no Brasil, reporta CEO do BMG

O atual presidente do Banco BMG, Ricardo Guimarães, informa que segundo a Serasa Experian, 1.691.652 empresas foram criadas no período de janeiro a outubro de 2015. É o maior número de empresas criadas no país desde que o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas for criado em 2010, um número 4,6% maior do que o registro feito em 2014 no mesmo período, quando 1.617.656 empresas foram criadas.

De acordo com Ricardo Guimarães, presidente do Banco BMG, a Serasa Experian comunicou que seus economistas apontam que esse aumento está ligado ao fato do grande surgimento de novos micro-empresários, que foram encorajados pelos constantes incentivos fiscais e por um menor índice de burocracia que essa natureza jurídica oferece. Outro fator importante para esse aumento foi a crescente queda no número de postos formais no mercado de trabalho devido à recessão econômica que assola o país. Esse cenário impulsiona trabalhadores desempregados a buscar recursos de forma autônoma e muitos deles recorrem a criação de micro-empresas.

O presidente do Banco BMG, Ricardo Guimarães, informou também, que segundo a Serasa Experian, o Sul foi a região que liderou o ranking percentual de nascimento de empresas nos dez primeiros meses do ano passado, com uma alta registrada em 5,1% em relação ao mesmo período de 2014. O Sudeste registrou uma alta de 5,0%, seguido pelo Nordeste com 4,9%, Norte com 2,1%, e por último a região Centro-Oeste, que teve uma alta de apenas 2,0% no período.

Em outubro do ano passado, informa o presidente do Banco BMG, Ricardo Guimarães, o estado de São Paulo pôde registrar 29,1% de todos os novos empreendimentos no mês, 49.069 empresas criadas. O estado do Rio de Janeiro ficou em segundo lugar 11,7% do total, que representa 19.714 novas empresas criadas. Minas Gerais registrou a terceira maior alta percentual no mês de outubro do ano passado, com 10,4%, número que representa 17.533 novos empreendimentos. Analisando o período integral de janeiro a outubro, o ranking continua o mesmo, com São Paulo ocupando a primeira posição, com 27,5% do número total de novas empresas criadas nesse período, seguido pelo estado do Rio de Janeiro e por Minas Gerais com 10,8%.

A Serasa Experian também divulgou a participação percentual dos setores em relação ao crescimento do número de empresas criadas, foi o que anunciou o presidente do Banco BMG, Ricardo Guimarães. Segundo a empresa, o setor responsável pela maior alta nesse número foi o setor de Serviços, que registrou 61,1% do número de empresas novas criadas. O comércio registrou 30,4% e a indústria 8,2%.

SOBRE A SERASA

A Serasa Experian é a empresa líder na América Latina quando o assunto é serviços de informações para empresas, e, para esse levantamento, Ricardo Guimarães informa que foram anotadas todas as novas empresas registradas nas juntas comerciais em todos os estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal, além de toda a consulta mensal dos CNPJs acessados pela primeira vez na base de informações da Serasa Experian.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s